Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um casal em ascenção - depois dos sessenta!

Minha vida é única e só metade
ainda que não seja tarde!

Sou, ainda, só o pó
Na garganta, um nó
Ainda assim, chorando eu ria
Um pós-parto de euforia.

Aquela túnica que lhe dei
Eu confesso – roubei!

Sou, ainda, verso falho
Não cheiro à flor, nem a alho
Mas um dia lá em cima eu chego
Uma Tensão Pré Desassossego.

Roubei também um caderno
E um lápis bem moderno!

Só porque gosto de escrever?
Eu sei, ainda que sem saber...
Menopausa? Menos pausa
Vamos direto à tua causa...
Júnior Leal
Enviado por Júnior Leal em 12/03/2009
Código do texto: T1482802


Comentários

Sobre o autor
Júnior Leal
Lagoa Santa - Minas Gerais - Brasil, 36 anos
958 textos (33323 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/21 23:59)
Júnior Leal