Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FORMATOS



No nada exposto de tuas palavras
No nada olhar de tuas pupilas cerradas
Ainda... Por aí... Posso te perceber...
Olhando meus calcanhares... Sem ver.
Percebo uns ecos guardados de chamados mudos
Que se agarraram na saída de teus lábios indecisos
Que sem perceber você mostrou aos meus sentidos aguçados.
Percebo-te como poucos... Porque te sei em cada ato...
Em cada cena... E... Em cada formato...
Maria Cecilia Hequidorne
Enviado por Maria Cecilia Hequidorne em 30/11/2011
Código do texto: T3364709
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Cecilia Hequidorne
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1332 textos (28099 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/19 08:16)
Maria Cecilia Hequidorne