Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ego

Ânsia de meu viver... Frenesi de mim...
És divino! És sublime!
Doce luz de meu coração
Sinto pancadas de amor em pura excitação.
Vens em minha’lma e balança meu coração.
Deito em teu berço, em lindas canções de ninar.
Doce orgasmo, que ejaculas adagas de meu coração.
Meu gozo é voluptuoso, nesta tua divina sensação.
Em meu peito repousa esta linda emoção.
Ah! Chega de bater punheta...
Minhas mãos que eram de seda, só tem calos!
Turvas-te e escureces-te ao meu amargo
Quero as sombras da beleza a minha volta
Dançar, descuidar, as sombras de minha gente!
Ver o por do sol... O nascer da lua... O brilhar das estrelas...
Sonhar ao lado do desconhecido... Delirar ao lado dos amigos...
Deitar na cama de lindas donzelas... Ver teu sonho e imaginar tua alegria!
Sonharmos juntos em nossas doces heresias.
Bendigo seja o acordar deste pesadelo,
E voltar a ejacular em doce companhia!

Fernando A. Troncoso Rocha.
Fernando Troncoso
Enviado por Fernando Troncoso em 28/01/2007
Código do texto: T361940


Comentários

Sobre o autor
Fernando Troncoso
Praia Grande - São Paulo - Brasil
243 textos (5792 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/20 14:01)
Fernando Troncoso