Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A rebeldia de um covarde

Hoje eu acordei com medo mundo, não vou me levantar. Mas não ria de mim, eu não estou nem ai.
Eu posso chorar se eu quiser, eu posso ser forte, não ligo para o que vocês acham, já não enxergo nada, agora vejo, deixei pra trás toda bagajem que hoje trago.
O mundo não me incomoda, saiam todos de perto de mim não quero ficar só, vão todos embora.
O som da minha guitarra não igual a sua, nem se parece com seu piano, a minha roupa é igual a sua, a aparência é totalmente outra, já não posso ver, sempre ouvi nunca entendi.
O horizonte se desfaz sem eu querer, eu destruo o horizonte,a s nuvens não formam belas formas, os dragões me aparecem a 8 palmas de distancia, eu me assusto com as coisas belas, hoje o certo não presta, ontem recebi um premio por fazer maldade, me condenaram por fazer caridade.
Vou virar pra parede e tentar dormir, quero acordar num mundo melhor.

00/00/00

Alessandro Longo
Enviado por Alessandro Longo em 06/02/2007
Reeditado em 22/09/2010
Código do texto: T371600
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Alessandro Longo
São Paulo - São Paulo - Brasil, 36 anos
74 textos (4834 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/20 03:46)
Alessandro Longo