Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cinza


Te gosto assim, tempo.
Da cor da minha cor, por dentro.
Como é doce esta garoa, lavando bem mansa, a canseira da vida.
Te gosto cinza!
Te gosto esfriando.
Tua beleza só pode ser entendida pela sensibilidade do verdadeiro triste.
Tua maravilha só pode ser cantada pelo dom do último poeta.
Tua sinceridade só pode ser percebida, pelos apaixonados incorrigíveis.
Te gosto assim, tempo.
Meia estação, tipo outono, árvores se despindo, em terna sensualidade.
As pessoas, recatadas, parecem mais puras, mais misteriosas,
Mais carentes de aconchego...
Mais aconchegantes...
É assim que te gosto, tempo...
Da cor da minha cor...
Por dentro...


reginaLU
Junho/2003
reginaLU
Enviado por reginaLU em 17/02/2007
Reeditado em 06/01/2008
Código do texto: T384540


Comentários

Sobre a autora
reginaLU
São Paulo - São Paulo - Brasil
157 textos (5626 leituras)
1 áudios (17 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/20 22:18)
reginaLU