Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ser só...

Agora já não tenho mais dúvidas, definitivamente nasci para ser só.Largos passos vou passando pela vida, procurando outras coisas que complemente, outras coisas que supram esse lado.
Já há tempos não acreditava, agora acredito muito menos. Por que simplesmente não posso gostar de quem gosta mim?... Seria tão mais fácil.
Mas sempre caiu no mesmo jogo, sempre caiu nas mesmas palavras. Tão inteligente e espertas para tantas coisas, mas sempre tão burra nos jogos de sedução.
Quando acho que o jogo é meu, que está tudo em minha mãos, vejo o quando estava errada como virar da mesa. E a mesa virou outras vez.
Talvez seja eu e minha boca enorme...
Mas já sei como contornar tudo isso. Será muito fácil, imaginar que foi somente um sonho. De uma mente fértil de alguém carente, que ilude com as palavras e a presença de alguém que lhe chama atenção por sua posição e seu poder.
Só mais uma paixão, tomara Deus que passageira, paixão de verão.
Claudia Rayzer
Enviado por Claudia Rayzer em 25/02/2007
Reeditado em 14/04/2008
Código do texto: T393102


Comentários

Sobre a autora
Claudia Rayzer
São Vicente - São Paulo - Brasil, 35 anos
139 textos (6947 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/20 06:26)
Claudia Rayzer