Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Espelho D'Alma

Olho-me no espelho e sinto-me desnudada,
O brilho dos meus olhos refletem o que sou,
Mostram-me meus sentimentos, minhas necessidades,
Meus sonhos tantas vezes ludibriados e por você acalentados.
Ah, meus olhos trazem os seus dentro deles!!!
Como se jamais daqui você tivesse se ausentado.
Mesmo quando não estávamos juntos,
Nossos corações não sabiam ficar separados.
Meus olhos trazem o amor que sempre foi seu,
Mesmo antes de nós dois nos conhecermos,
Não adianta, por mais que eu tente fugir,
É só na sua presença que meu coração balança.
Olhos que refletem, brilho inatingível,
Amor ilimitado, lindo, incondicional e cheio de esperança,
Não quero muitos amores, nem sentir-me uma sultana 
Quero apenas um califa e nele só se enquadra você!
Não vou mais tentar apagar o brilho do espelho,
Ao contrário, vou permitir que ele se expanda,
Iluminando cada momento de nossas vidas,
E abençoando nossa infinita aliança!

(25/02/2007)

Akasha De Lioncourt
Enviado por Akasha De Lioncourt em 25/02/2007
Reeditado em 30/11/2019
Código do texto: T393145
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Akasha De Lioncourt
São Paulo - São Paulo - Brasil, 49 anos
672 textos (1063836 leituras)
65 áudios (97814 audições)
30 e-livros (59675 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/20 15:28)
Akasha De Lioncourt

Site do Escritor