Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O eterno amor.

Pudica donzela de meu coração
És como um lírio, nascido ao por do sol.
Finda minh’alma, com teu doce arco-íres
De eternidades de segundos em minh’alma.
Sinto teu arquejo aos pedaços, em meu ouvido
Em saudades, que se extingue minha ânsia.
Busco infrene a tudo que amamos
na esperança prometedora repetitiva
De nosso grande amor!
Ao nosso ouvido, a embaladora
Ama de nosso amor,
É a esperança prometedora
De cada amanhecer!


Fernando A. Troncoso Rocha.
Fernando Troncoso
Enviado por Fernando Troncoso em 09/03/2007
Código do texto: T406234


Comentários

Sobre o autor
Fernando Troncoso
Praia Grande - São Paulo - Brasil
243 textos (5785 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/20 12:43)
Fernando Troncoso