Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 FALANDO DE FLORES E MULHERES (2)
 
Amigos, primeiro foi em verso, agora vai em prosa!
Muit0 deixei de dizer pela limitação imposta pelas regras poéticas e por isso achei conveniente dar largas à imaginação e completar meu pensamento, livre de peias.
Plantei e colhi um grande número de flores e amei cada uma delas, na medida em que me admirava com a sua beleza e perfume.
Aconteceu, em minha vida, o mesmo com as mulheres que cruzaram o meu destino, deixando, igualmente, um rastro de beleza e perfume.
Da mesma forma que seria difícil denominar a mais bela flor, seria imperdoável eleger uma mulher, pelo simples fato de que todas marcaram minha vida de forma tal que a beleza e o perfume de cada uma estão indelevelmente marcados sob minha pele, como invisível tatuagem!
A todas, sem exceção, dei tudo de mim e recebi, sempre, muito mais do que mereceria, pois é apanágio da mulher se dar sempre por inteiro.
A todas, sem exceção, a minha admiração, o meu respeito à dignidade de cada uma, o meu eterno obrigado pelos momentos de loucura ou  de terno colóquio, de  singela amizade ou de puro amor.
Sem elas (as flores e as mulheres), a minha passagem pela terra seria de uma enfadonha rotina, sem cor, sem a energia que nos impele a novas atividades, que nos dá o alento para superar todas as dificuldades, que nos dá ânimo, enfim!
Tantas e tantas vezes aquela saudade boa, aquela cálida nostalgia toma conta de mim, os cheiros e gostos se misturam, as lágrimas e sorrisos são vividamente evocados e revividos com tamanha intensidade que a realidade passa a ser esse momento!
Flores e mulheres – a minha vida!
Com o pensamento no Pai Eterno, creio que Ele me dará a ventura do reencontro com as minhas queridas flores e amadas mulheres que encantaram a minha vida terrena.
Amém!
 
-0-0-0-0-0-0=0-0-0--0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-
Imagem - Internet
 
paulo rego
Enviado por paulo rego em 04/01/2018
Código do texto: T6216793
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
paulo rego
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 90 anos
371 textos (22449 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/20 03:56)
paulo rego