Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O fim da inocência





O fim da inocência
================ErdoBastos



Ali estava ela...
Pendurada, num cambalear vacilante frente à borda, pronta pra cair.

Cair lhe parecia tão natural... Nada além de destino, apenas isso.

A boca no final do precipício sorria pra ela, como se a estivesse esperando há muito...
Toda uma existência passando a sua frente numa projeção acelerada de slides coloridos. Mil reflexos diferentes a tornavam brilhosa, fulgurante.

Em meio a um turbilhão de emoções e lembranças, se fortalece...
Cresce por sentir-se feliz, incha de felicidade num momento. Ganha volume.
Num instante, não se sustenta mais na borda. Cresceu e paradoxalmente por isso tornou-se leve.
Fez-se breve e com a coragem dos designados, rolou...

Caindo, lembrava-se que sempre desejara ser uma gota de orvalho.
Tinham a mesma natureza, o mesmo destino de um dia, inexoravelmente, virem a cair...
Enquanto caía alegremente, via seu destino cumprir-se.
E feliz por cumprir sua missão, rolou na direção da boca alcançando-lhe o sorriso.

Não, ela não nascera como a gota de orvalho que desejara haver sido...

Ainda assim sentiu-se única, por haver sido a primeira.
A primeira lágrima de amor a cair de um olhar inocente.
E entendeu, afinal, seu destino. Apesar de, agora, desejar ser poesia...


ErdoBastos
Enviado por ErdoBastos em 25/08/2007
Código do texto: T623828

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ErdoBastos
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 62 anos
789 textos (38023 leituras)
2 áudios (124 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 01:51)
ErdoBastos