Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Sempre Amor

O que pode um coração quando o amor a sua porta bate? Esconder-se talvez na ilusão de que há vida sem amor ou dele fugir a todo preço?
Somos todos emoção e dela vivemos. Amamos porque carregamos o amor na essência da alma. Quem em qualquer tempo viveu sem amar? Não falo somente do amor entre amantes, mas do amor familiar, entre amigos e irmãos.
O amor está além do desejo, do bem-querer eterno.
 Ah, o amor!
Ele que tudo ama, tudo importa. O amor é entrega, tudo ele suporta.
O amor é belo, singelo. Tudo ele vence, é infinitamente infinito.
O amor é divino, também humano. O amor é espera e esperança.
Nele não há mistérios nem prenúncios. É tão-somente amor.
O amor é sempre... É eterno o amor!

Anne Monteiro/ Belém, 06/12/2006 às 19:00Hs
Anne Monteiro
Enviado por Anne Monteiro em 27/08/2007
Código do texto: T625702
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anne Monteiro
Igarapé-Miri - Pará - Brasil, 42 anos
190 textos (65685 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 05:36)
Anne Monteiro