Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


A M A N H E Ç E R.. .





Manhã...
Rompe a madrugada,
Impulsos d'ave do coração
Um sibilar de cântico
Tão mavioso nos traz a paz
Madrugada expõe-se enfim 

E primavera de paz, de amor
Olho em volta tudo parece sorrir
Estou feliz, sinto-me enternecer
Suspiro serena, sinto-me tranqüila
Ah quisera sentir sempre esta paz
Volver em mim, uma nova vida, 

Como esse novo sol que desperta
E levemente da veneziana penetra
Pequenina brisa roça-me a face
Levanto-me e fico a olhar pela janela
Aquela paisagem maravilhosa encanta-me 

Pássaros voam felizes, cantam
Tão lindo cântico que a natureza treme
Unindo-se ao som num sibilar extremo
Saudável o ar, respiro livre. Sonho
Sinto-me renascer, finalmente vivo!
Um novo sonho, uma nova paz
Não muito profundo! Pra não sofrer mais 

Apenas um pouco para viver tranqüilo
Quero viver cantando como o gorjear das aves
Quero sentir a paz,
Esquecer nela a dor
Como a primavera renascer,
 Viver prosseguir
Sem ver à trégua, 
Distância mistura de tormentos
Somente a vida, 
Apenas ela... 
A nova vida além! 

(24/10/2005)

 

Berioliveira
Enviado por Berioliveira em 30/08/2007
Reeditado em 06/01/2008
Código do texto: T630221

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Berioliveira
Vitória da Conquista - Bahia - Brasil, 68 anos
789 textos (20728 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 04:29)
Berioliveira