Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vigie se...Boa sorte!

Ah! o amor, essa dadiva e uma joia que carregamos no mais profundo sentimento, não é novidade o que vou falar, uma verdade:

Quando temos esse sentimento que se manifesta de varias formas, as vezes por um olhar ...Ah! o olhar, esse brilho que atrae como uma fonte de energia unidas no encontro  desconhecido, ou mesmo no abraço, o cheiro.Coisas que não sabemos como acontece...Aqui menciono primeiro uma paixão relâmpago, depois o amor se materializa conforme o envolvimento.Perde se o juízo?

Algumas vezes nos prende por um estagio de carência, essa é uma porta aberta, na maioria das vezes causa mais problemas, isto posto, o carente necessita do aumento da autoestima,companhias  e quando acontece um dos itens acima, e não vinga...Vem a curiosidade para saber o que fizemos de errado, muitas vezes não fizemos...Foi um contato no contra tempo, a outra pessoa tem outras ideias, outras vontades, outros sonhos; por omissao ja tem outra pessoa ,por uma casualidade aconteceu...Outra situação: uma brincadeira que virou paixão.
(são inumeros casos)..ETC...ETC...

Ainda nesse contexto, a luta para verificar a causa, e o que nos deixa tão fora desse quadro, faz com que tomamos iniciativas cegas, e cada luta significa um apego. Apego as nossas imagens construidas aparentemente com Zelo e acabamos nos Dando o desprezo. 

Depois você vai arrancar seus proprios cabelos...Jeito de falar.

"O lado oposto pelo que percebi, tem receio de se apegar. Pense, o homen quando se apaixona sofre também. Já acompanhei casos assim e dessa forma não se apega em ninguém, é uma situação atual estranha e vazia, essa é minha opinião que nada vale"

Entra aquele ditado, faça o que digo, mas não faça o que faço.
Complicadissimo...O assunto vai além...(isso não é assunto, prefiro dizer que é um abacaxi),


Voltando ao assunto:
Apego as nossas lutas, confundindo com amor, posse,  nada tem haver , tem apenas uma conquista, uma solução preiteada em vista.

Quanto mais a pessoa se esquiva, mais aumenta o desejo de descobrir...Se descobrir, nos expondo automaticamente, Torna se uma situação desagradável, vulnerável e as vezes vulgar, uns dizem de imediato que não rola, são verdadeiros, muito raro, mas acontece. Tiro meu chapeú pra esses.
E outros que são diretos, é esquisito?
É...vai se quiser. 
Outros casos há uma quimica, mas não rola sentimentos. Cada caso um caso.

É um jogo muito comum, pode ser favoravel para ambos os lados. Depende do ponto de vista.

Aqui a facilidade de saber onde esta entrando com consciencia.
Saia, ou encare e viva conforme se limita.

Outros aproveitam como vaidade...Essa ultima nos sentimos como algo sem denominação. É uma das faces do ser humano. cada qual com seus percalços.
Faz parte nesse circuito de vidas.

Quando o horizonte é fechado, não temos olhos para o mundo externo, a não ser alimentar uma ilusão que criamos.
"Quando vejo alguem assim, me da agonia, pois ja passei por isso. É triste, deprimente."

No entanto, o brilho do olhar, o abraço, tem um significado muito grande, pode passar o tempo, e conseguimos ver que não foi em vão.

Descobrimos a nossa capacidade de amar...O que é amar?
Esse sentimento faz com que vejamos a pessoa com olhos do bem, e assim permanecera mesmo que a ilusão acabe.

A diferença esta na compreensão, não se encaixa no nosso perfil de alguma forma, precisamos de hábitos que nos traga felicidade, e muitas vezes é necessario um pequeno ajuste, AS MUDANÇAS, 

Quando a pessoa não muda, é sinal que o seu estado como está é bom, pra que mudar?...Quem quiser que aceite. Já nos sentimentos é diferente, procuramos abrir de mão de coisas por que vale a pena. Senão esta sujeito, passo a frente.
Caso continue Haverá uma briga interminavel, e pronto!
Um emaranhadode ..Perda de tempo 
A relação passa ser um elo com algo destrutivel, e infeliz. É disso que estou me referindo. Cada qual sabe o que fara ou, trara felicidade.

Hora de se abrir, se descobrir e fazer questionamentos a nos mesmos, no estilo:

Olha! é isso mesmo que quer?
Se sente feliz?
Há possibilidades de mudança?

A resposta se for negativa, diante de tantas oportunidades, não adianta insistir. O segredo esta no inicio., Quando se lembra disso é sinal que abriu os olhos da verdade.Lembrando que tudo exige sacrificio, para mentir, para ser ruim, e ser bom demais.Uma hora a  casa cai.

Alguns casos que me lembro, algum gesto ou mesmo uma palavra já diagnosticava o tipo de união descabida ao que precisamos e o que seria nos proximos dias, meses e as vezes anos.

Me lembro que um dia fui apresentada pra alguém, na troca de telefones:
Da meu numero de telefone pra ela...Na hora eu disse:
Não, de o meu telefone pra ele...Levou uns 20 dias pra dizer oi, boa noite.
Isso mesmo, não estava afim de conversa, dois meses depois, vamos tomar um café?...Uma oportunidade para conhecer .
Na despedida da entender que haverá outro breve!

Passa se dias nem bom dia.
Um mes depois, oi meu amor!!!
Entendi que querem que corramos atras. Ja sei disso, nem dou bola. Fico observando sem dizer nada, uma vez ou outra respondo o bom dia, sem beijo, sem abraços, bem seco.

Nesse intervalo vem noticias do nada, ficamos sabendo das suas rotinas, qual é?
A mesma com outras pessoas...

Deu pra entender o que eu quis dizer?
Veja como aconteceu no incio...Ali os gestos, atitudes falou tudo.
Tem gente que se ilude quando chamam de amor, eu?
Se soubessem, me xingariam,,,Ai sim, sei que seriam verdadeiros.

Um dia em algum texto eu disse que tenho medo de magoar alguém, e continuo assim, por isso se não tiver algo que me atrae, não vou arriscar.

Nos dias de hoje não tenho medo disso, quando me aproximo com outros olhos e a atitude é desse estilo, tempo espaçado para correr atras...Uso para pensar e analisar melhor cada detalhe, cada palavra dita.Isso quando me interesso pela pessoa;
Quando voltam, sou cruel na mesma medida, usei esse tempo para pensar melhor...Paramos por aqui.

Outra coisa que me apavora, sempre tem aqueles que usam o poder das palavras de posse, dando entender que é amor, esta apaixonado, aquele ciumes estranho forçado, controlador dos seus passos...Esse fujo, também nem é necessário fazer esforço, dão o famoso tempo, achando que esta ganho, ela estara me esperando...Depois de quinze dias:

Você me abandonou...Ridículo isso.
No incio achamos que fizemos algo errado...Testamos.
Oi, tudo bem com você?
Mais uma vez, a mesma coisa ,e chega.

A resposta: tudo bem querida. Bom dia! - Fim de conversa.
Lembrando que durante dois meses ligava duas a três vezes por dia, ate enchia o saco...A parada é repentina.

Então, explicamos e dizemos o andar dos acontecimentos...
Então, se eu te abandonei, você também me abandonou.
Você saiu pela tangente...Outra resposta de adolescente.

Sem contar que existe aquele descompromissado ativo, mentira, querem compromisso assim..."Pra determinada situação não temos nada, para outras a impressão que se tem compromisso,, sendo que se viram a tres meses atras."
Compromisso com o descompromisso, relaxa, sae dessa enquanto os sentimentos não te pega, os seus. Uma fria.

Aqui poderia haver ajustes, mas usamos esse tempo para pensar se vale a pena. Nos deram a oportunidade de evitar desgastes e ficar com a consciência pesada, odeio ficar com ela.Vejo isso como alivio.

Para finalizar, aqueles que houve o brilho olhar, o abraço, as tentativas com aparência de ilusão, continuo com olhar de ternura, sei que se houvesse oportunidade positiva, se tivesse progredido, eu teria dado o meu amor verdadeiro...Aquele que faria o bem, por bem...Abriria mão de algumas coisas se fosse necessário. A liberdade é uma que vai pro espaço, porém, se a companhia é boa, pode ser ao ceu mil estrelas, em Lisboa, tanto faz. Pra fazer isso, ah! tem que valer a pena...Se tiver que penar numa relação, é melhor sair e deixar a vida seguindo em frente, acontecendo.

Quando estamos abertos para novos horizontes, a propria vida se encarrega de fazer encontros...O resto trata se de deixar acontecer naturalmente.

Lembrando, quando estamos livres de carencia, e outras...Conseguimos absorver melhor, viver melhor...Tomar decisões na hora certa.
Pra chegar nesse estagio, nos custa muitas perguntas, e descobrimos que nas perguntas estão nossas resposta.

Vamos amar?
Vamos...Bom demais quando podemos  integrar e integralizar , sem ansiedade, essa atrapalha, estraga tudo...Horizonte fechado?
Cuidado, vigie se...Sofrimento a vista,

Se bem que muitos tentaram me alertar, sem progressos. Sempre pensando na credibilidade, o jeito de viver em par é complicado.

A vida ensina para os dois lados, e quando ensina...Você não esquece jamais.
Nos tornamos mais maduros e, seletivos. Sem deixar com cautela de assumir os riscos.
Boa sorte!!!!


Texto para refletir ...
Não se trata de polemica.

baseado na história de três destinos e o táxi...A moça está no começo. 
.Ela contando senti a tristeza
BOA SORTE JANE,
quem sabe irá se lembrar do Hermes que lhe disse:
Moça sai dessa!!!
As histórias são idênticas,  só muda os nomes , tempo,  idades e endereços. 

EMBORA NÃO IRÁ LER 
O NOME É FICTÍCIO. 
isis inanna
Enviado por isis inanna em 12/07/2018
Reeditado em 16/07/2018
Código do texto: T6388015
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
isis inanna
São Paulo - São Paulo - Brasil, 52 anos
2464 textos (94372 leituras)
6 áudios (1004 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/18 15:38)
isis inanna