Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AH, QUE BICHO DANADO!

Que faz doer, doer o coração da gente.
E quanto mais, lá longe, o nosso amor se demora; esse bichinho levado, a cada dia que passa se vai volvendo mais e mais pungente.

Daí, somente, se sabe sobre dor e sofrimento.

Mas, que bicho mais malvado!

Moléstia que se alastra veloz, ocupando de todo o pensamento.

Ah, Saudade!

Melhor dar um tempo e ir saindo, que o meu amor está voltando.
Cláudia Célia Lima do Nascimento
Enviado por Cláudia Célia Lima do Nascimento em 24/09/2007
Código do texto: T666128

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Célia Lima do Nascimento
Luziânia - Goiás - Brasil, 52 anos
487 textos (16628 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 17:17)
Cláudia Célia Lima do Nascimento