Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem dá tempo é relógio

Um amor não acaba assim
no desânimo, querendo o fim.
não é o que queres, é só confusão,
o que sentes por mim eu sei o que é.
É amor.
pára, pára com isso.
você se ilude ao olhar ao seu redor,
ao ver as tentações da vida.
Esqueça o mundo ao nosso redor,
pense no que existe entre agente,
o amor, o amor...
não o transforme em dor.
quem dá tempo é relógio,
e o tempo vai passando,
e as horas vão se repetindo,
é sempre a mesma rotina,
mas os acontecimentos sempre são diferentes,
uns bons, outros ruins.
Mas o tempo tá ali, o relógio tá funcionando.
Quero que nesse teu tempo, as horas passem,
e depois tudo se repita, de forma especial.
Não tire a pilha do relógio,
não deixe de dar corda nele.
Assim também é meu amor,
como o relógio, como o tempo.
Você pode tirar a pilha dele,
mas o tempo vai passar,
e esse vai continuar aqui todos os dias da minha vida,
como o sol de todas as manhãs,
como o entardecer do dia.
Sei que me desejas,
sei que sentes minha falta.
Sei que queres meu beijo,
meu corpo.
Negue tudo isso,
com toda sua sinceridade
olhando nos meus olhos
se eu estiver errada.
Mas eu sei que você não consegue.
Por que você me quer.
E podes ter certeza,
Alguém que te ame como eu,
tu nunca mais vai encontrar.
Se você me deixar,
pode até levar alguns anos...
mas você vai se arrepender profundamente.

Te amo, e a vida não é nada sem o AMOR!
aMoranguinho
Enviado por aMoranguinho em 27/09/2007
Código do texto: T670837

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
aMoranguinho
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 27 anos
118 textos (6844 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 04:28)
aMoranguinho