Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Funeral

E quando finalmente te matei dentro de mim,
Você surge, como quem sai de um filme de terror,
Onde achamos que o monstro estava morto,
E ele levanta para nos atacar!
Sombrio eu sei, mas verdadeiro sentimento.
E nem precisou se fazer de fantasma,
Pois ainda que o fosse, te amaria novamente!
E me aparece assim...
Como flores de um funeral,
Que deixa um cheiro impregnado no ar,
Você ficou impregnado em meu coração.
Juro que acreditei estar morto,
Mas, quando surgiu novamente,
Se apresentou em forma de vida...
Vida linda...iluminada,
Que entra na minha para assombrar!
Mas que delicia essa vida pós morte,
Que brota no meu coração.
E como uma reencarnação,
Começa tudo de novo,
Sem lembranças da morte que se deu

HelôSilva
Helomidade
Enviado por Helomidade em 11/09/2019
Reeditado em 15/09/2019
Código do texto: T6742600
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Helomidade
São Paulo - São Paulo - Brasil
97 textos (2844 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/19 18:41)
Helomidade