Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PARADOXO

amor ...sentimento que me fascina
e que minh'alma arrebata...
mas, porque será que por sentir-te em mim,
algumas lágrimas vertem, copiosamente aqui?

Talvez por que amar é ter que caminhar,
por uma estrada sem saber onde  vai dar...
E é quem sabe, passear pelo vale da dor...é...
...quando se ama sozinho(a), o passeio é longo...
...e o vale  é de "ossos sêcos",  sombrio...

E o paradoxo, está aqui!

Apesar da dor, que se instala no peito
há uma  vontade que queima,
que insiste em te buscar...
haa...amor...tu, que és o maior de todos,
maior do que a fé...maior do que a esperança...

...Bem sabes,  tudo  o que queremos;
continuar contigo, arraigado no peito!
Porque tudo o que nescessitamos é amar,
independentes de sermos  ou não, "amados"
ainda que pra isso, muitas lágrimas, tenhamos que derramar!

(Janete Fernandes - 04/10/07)
JANET FERNANDES
Enviado por JANET FERNANDES em 04/10/2007
Reeditado em 05/10/2007
Código do texto: T680967

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
JANET FERNANDES
Fortaleza - Ceará - Brasil
400 textos (27436 leituras)
5 áudios (340 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 23:17)
JANET FERNANDES