Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Obra-prima: obra-primorosíssima de Deus: somos desde a origem... Textos sobre Memórias de Família

Obra-prima: obra-primorosíssima de Deus: somos desde a origem... Textos sobre Memórias de Família

Nós somos a obra-primorosíssima de Deus: tudo fez para que nos otimizássemos no pilar da existência e fôssemos eternamente dobraduras visíveis de seu integral amor... Indivisível, inefável, infinito Amor. E Jesus é a expressão humana do Amor Divino...

____________


Antonio Geraldo Nascimento De Avila Pereira
Odontólogo por Alfenas, MG.
Cursos em Juiz de Fora e Maringá, etc.

Aqui está o melhor odontólogo que conheço - trabalha com amor e competência, igual ao seu Pai Sebastião Pereira, também foi dedicado à odontologia. Parabéns a você pela conquista de mais um curso de formação em sua área.

Alegria de sonhar e conclusão de realizar o sonho - estes são os predicados e talentos que envolvem sua pessoa. Um homem capaz, feliz e eficaz... Parabéns pela sua profissão tão bonita - recupera a autoestima de muitos e alivia a dor da vida humana.

"Estamos no ombro de Gigantes..." - esta frase aparece me livros de ciência e ilustrados para adolescentes - sobre a vida dos grandes astronautas, matemáticos e físicos ... Mas, antes está no vitral em "Notre Dame" (Nossas Senhora) em Paris. Nascemos, nosso herói é o Pai, depois os professores... Com o tempo, descortinamos outros como este no qual você se espelha. Parabéns.

Hoje - mulheres e homens - se destacam na arte de fazer a arte acontecer na boca das pessoas. O resultado é a dupla realização: a pessoa beneficiado ou cliente se encanta com o sorriso; os odontólogos sorriem pelo trabalho conquistado a horas e dedicação minuciosa... Todos contemplam a odontologia não apenas como mero detalha - contudo, a ciência da arte de sorrir... de vencer a dor.... de conquistar patamares de perfectibilidade sempre mais possíveis... tecnológicos, éticos e antes de tudo, afetividade e alegria de viver.

 "A fé remove ou aplaina as montanhas" como a alavanca por si pode levantar obstáculos cujos pesos são maiores que o do nosso corpo.(Marcos 11:23; veja Mateus 17:20; 21:21; 1 Coríntios 13:2).As montanhas são usadas simbolicamente na Bíblia para descrever forças poderosas (Isaías 2:2), tarefas enormes (Zacarias 4:7), e barreiras impenetráveis (Isaías 41:14-16; Zacarias 14:4). “Todo vale será aterrado, e nivelados, todos os montes e outeiros; o que é tortuoso será retificado, e os lugares escabrosos, aplanados” (Isaías 40:4). As mudanças na paisagem, que João efetuou por sua pregação...Deus remove montanhas quando seu povo pede com fé." (por Gary Fisher __ "Senhor, Ensina-nos a Orar")https://www.estudosdabiblia.net/esc81.htm

____________


oração = ora + ação boa. Ou seja, acreditar e viver na direção das atitudes coerentes.
Ora et labora: São Bento e Dom Bosco, mestres da espiritualidade e homens da contemplação e ação transformadora de si e dos ambiente em que estavam inseridos.

À medida que vou vivendo, miro a você e nosso lar, como nossos pais souberam nos educar! Veja como somos e aonde estamos conseguindo ir. E tem mais: você deu uma guinada em sua vida com os percalços percorridos, nada abalaram o que esta em si e o que tem por meta. A meta ou ideal é ser o que se é: ótimo profissional, otimizar o espaço aí e articular seu saber à práxis. Odonto e suas aplicabilidades, por exemplo, a próteses. E a fonte de autorealização pode vir - demore o que demorar e dinheiro junto... certamente. Saber, sabor, sabedoria, a nada apegar, a tudo saber utilizar bem e na hora certa... e aos outros ser/servir/sentir...

Todo e tudo é próximo a nada, sem o amor... Nós, nada; Tudo: Deus mesmo. E em Deus somos o melhor que ele criou... E nada pode chamuscar a imagem de Deus em nós. E nada haverá de nos impedir de ir a Deus se o quisermos...

E filosofar e teologar é isso: o odonto o dente e a  boca harmonizam e a autoestima elevam: o cliente paga o bom preço. E admira o profissional diante de si. O homem diante do homem: o que serve e o que é servido. Ambos se implicam na necessidade, o cuidado do estudo de um e a dor de outro e sua recuperação de saúde.

O homem de Deus se encontra com Deus para ser de Deus em Jesus, modelo puro de humano no divino, vice-versa. E estando o homem a viver se entrega àquele que pode socorrer e plenificar no amor. E a humanizar-se abre-se ao vazio do que é na esperança de se preenchido por uma potência pelo ato salvífico do Criador que nos remete ao gênio de um Deus humanado sem deixar de ser Deus, entende a miserabilidade porque está cheio de misericórdia: o coração pulgente de amor e compaixão. E como o odontólogo restaura do dente e alegra e inteiriza a boca, isto é, o cliente, o Jesus nos interage com a humanidade agora elevada ao seu maior dom: viver aqui para merecer o que virá depois. O além está aqui em ato, como a semente tem a árvore, mas que se torna como tal se cair na terra, morrer. Isso custa deixar de ser semente e ser árvore. E temos receio de deixar aqui... Como o cliente abre a boca com dor no receio de perder o dente, mas ele terá boa surpresa quando a dor acabar. E preciso ter coragem, decisão... Pedir ajuda como o cliente com o dente ao odontólogo assim também o cristão ao criador, o crente ao Cristo.

O que fiz foi uma analogia e depois implicações metafóricas bem sucedidas da fé como na odontologia.

______________

" O Jeito dela

é meio louco.
Mudanças de fase é pouco!
Ela explode  em flores
às vezes em fogo  "
Da Silva Jr.
@uma florparaela
 
Comentário ao poema acima:

J B Pereira

O pouco a cada dia nas crisálidas as libertam na metamorfose das lindas asas que tinham ocultadas dentro do casulo. As nossas almas e nossos corpos nos dizem para que somos criados por Belíssimo Engenho do Engenheiro da Nova Criação em Jesus e a Mãe de Jesus: o modelo Plural da Mulher pura e liberta a que toda mulher pode aspirar na jornada aqui terrenas rumo à Morada Celestial: Creio na vida Eterna , amo a vida Terrena efêmera e aspiro completar no meio ser com os outros a minha jornada ou travessia...
Até a plena manifestação do me ser no Ser Divinamente Alegre e a Felicidade inesgotável, irredutível, infinitamente possível...
Somos belos embora vez por outra sofridos nos pareça nos feios e insuportáveis.
O tempo nos dá tempo para nós descobrimos a essência de nós na filosofia e Espiritualidade ou Misticidade da vida como o processo de transfiguração ou vir-a-ser: devir, Dasein: o ser-aí ! Aleluia! Amém!

Acima um comentário sobre um poema... Uma tessitura literário...
___________
J B Pereira
Enviado por J B Pereira em 10/02/2020
Código do texto: T6863093
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2826 textos (1568658 leituras)
35 e-livros (529 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/04/21 23:41)
J B Pereira