Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nos nos encontramos.


São doces,
As maravilhas.
Repletas de malicias
De nossas caricias, do nosso amor.
Há desespero, angustia.
Quando não nos encontramos
Nos entregamos nestes instantes
Sem censura, sem limites.
Vamos aos pontos de cainho
Os dois em extremo entrelaçamento
De corpos de almas
Nossos sexos se buscam
Aconchegam-se. Explodem-se.
Tremem todas as estruturas.
Não há tempo, só há silencio.
Silêncio que fala.
È tanta emoção, tanta confusão.
De mente de envolvimento
Tantos movimentos, tantas expansões.
Que não se define!
Só se nota ao amanhecer
Na cama ao desalinho, lençóis a deriva.
Um só travesseiro.
E muito amor vivido.

“O amor é um conflito entre nossos reflexos
e nossas reflexões”

ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Enviado por ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA em 12/10/2007
Reeditado em 24/06/2012
Código do texto: T691384
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (elio candido de oliveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Ibiá - Minas Gerais - Brasil
4106 textos (160408 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 15:29)
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA