Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Diva Ativista

A vó limpa e troca a neta,
A filha olha.

A vó faz comida,
A filha dá uma saidinha.

A vó põe à mesa,
A filha come com prazer.

A vó lava a louça,
A filha dá uma dormidela na rede.

A vó põe a netinha para dormir,
A filha toma sol na varanda.

A vó prepara o chá da tarde,
A filha responde as msgs no Zap.

A vó prepara o jantar,
A filha olha.

A vó passa a roupa,
A filha come o prato nobre, sofregamente!

A vó assiste a novela das 19h,
A filha se apronta para o pancadão.

A vó sonha na madrugada:
"Minha filha está em pleno gozo na boquinha da garrafa. Certeza absoluta! No meu tempo não tinha essa atividade feminista, que fez da minha filha, próspera ativista".

Às 6h da matina, a vó levanta preocupada:
"Mãe fique bem,
Cheguei às 5h,
Nem acorde-me para o desjejum.
Estou pregada; e o nosso bijuzim, dormiu bem?
De sua filha que muito lhe ama;
Diva, que feito chuchu,
Pendura no galho,
Mas goza horizontalizada,
No ventilador de teto,
Na cama,
Safadamente ativa.

Bom dia, Mami"!

Avó coloca a mesa para o café da tarde,
A filha proseia com Ela:
"Mãe, fico imaginando como trabalhar, dá trabalho.

Temer golpista,
Bolsonaro fascista,
No que penso e ajo,
Não falho.

Cebola vendida em réstia,
Aos olhos, arde;
Nuvem de gafanhotos na Argentina,
Quiabo babento,
É nojento.

Urucum envermelha,
Diabo em estilo de gente,
Sinal verde estou,
Um omi é pouco,
Dois são suficientes,
3 não aguento;
Lula preso injustamente.

Covid Brasil adentro,
Complete o tempero,
Furacão em Santa Catarina,
Moro covarde,
Orégano é anticancerígeno,
Com dentes de alho".



Mutável Gambiarreiro
Enviado por Mutável Gambiarreiro em 04/07/2020
Reeditado em 10/07/2020
Código do texto: T6995749
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Mutável Gambiarreiro
Jegue é - Tovuz - Azerbaijão
2766 textos (63730 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/08/20 22:48)
Mutável Gambiarreiro