Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mamã Queen

Assim começa
Sem fim meio só olha
Engraçado a Vida
Vc pra ser quem é
Vive na luta
Sempre sonhando
Na busca da conquista.
Levanta cedo
Vê Jesus passar
Agradece por Tudo
Segue abençoado
Dá uma olhada no tempo
Tá frio, poucas nuvens,
Céu Azul cinzento
O pôr do Sol começa dar a sua graça
As lembranças decola
Pensamentos que voa
Dia perfeito, um café, pão com manteiga
Baseado em fatos verídicos
Alegria na batalha
Segue o plano.
Um dia a mais, um dia a menos
Sobreviver é a meta.

Paro pra pensar
Tipo andarilho
A mente decola
Quando estou escrevendo
Vida de guerreiro olhar perdido
Vaga pensando
A música que toca
Embala o pensamento
E com poesia
Eternizo esse momento.
Não sei mais o que gostar
Sentido provado nos dois lados
Entre o lixo e o luxo
Na simplicidade prefiro isso
Perto das raízes com meus cachorros
Na companhia da família
E amigos, me sinto Rico
Tenho o quê comer
Só tenho que fumar menos
Na verdade parar com esse vício
Ter o controle da mente
Voltar como no nascimento
Sem pecados
Achar Deus em tudo
Evidenciando Ele primeiro
O glorificando com louvor, alegria,
O seu melhor
Nem frio e nem quente, smp fervendo
Com emoção, com Amor, com sentido
Abro os olhos, vejo a fumaça subir
Influenciado por
Bone Buddah Lovaz a música que me inspira no agora
Tento ser justo comigo mesmo
Sou castigado por falsas escolhas, fraqueza,
Falta de ser sincero, mentindo pra mim mesmo, sendo feliz, infeliz aos olhos do próximo, energia negativa
A sociedade manipula te julga e condena
As regras do jogo do destino
Postura na batalha sendo positivo
Pela sua Liberdade
Pague o preço ou viva escravo do Sistema falido.

Qual a sua disposição pra almejar seus sonhos?
Qual seu limite pra obter sucesso?
A fama e pra poucos
Mas tem muitos sem talento
E vc se sente injustiçado
Queria estar no lugar daquele otário
Mas percebe que está sendo invejoso
Vê a sua arte criticada por poucos
Busca ser conhecido
O investimento é caro
Patrocínio é coisa pra quem já tá nas pistas, pra negócio
Propaganda gratuita
Seja esperto, use sua criatividade a favor
Dos seus sonhos
Buscando evoluir não apenas ser notado
Cada dia o ano passa
O resultado é coisa de louco
Vai depender da sua fé
Não se trair por pouco
Muito menos por muito
Então vc fica no anonimato
A sua arte e compartilhada
A dificuldade que se acha
Quando se é honesto e sem berço.

Cresce, aceita o que a Vida lhe propõem
Se olha no espelho
Rugas marcam seu sorriso
O que é preciso ouvir
Está escrito
Leio, releio, fatos inéditos
Que foge totalmente de achar, que poderia ser possível
E acontece sem explicação
Mais um episódio inesquecível.

Haaaaaaaaa quando vc ia já estava voltando
Quantos perdem tempo apenas tentando
Faz por fazer  sem paixão
E depois tem que fazer denovo
Excelência na execução, prefiro elogios
Do que dinheiro sofrido
Busco a perfeição em tudo
Detalhista quase perfeccionista
Respeito a limitação, não me comparo
Vou lá e mesmo faço
Mas depois me sinto tirado
O corpo não responde mais como antes
Tudo dói, tô ficando velho
Sono desregulado mal durmo
Por pensar no egoísmo do próximo
Muleque pai de família a próxima geração, do jeito que o sistema gosta
Dinheiro ouro etiqueta tênis de marca
Cabelo com luzes
Cavanhaque na régua
Dinheiro pra gastar, sem miséria
Ostentando sem um amanhã
Tipo foda se quem te espera
Filho que cresce longe do pai
Mãe que divide com estranhos a sua responsa
Filhos que se educam no Google
Assim vejo mercenários em busca do dinheiro
Ganhado com suor
Mas atropelando, perdendo tempo sem recursos ou meios de executar o planejado
E o pior de Tudo
É disso quê elas gostam
No relacionamento, são humilhadas
Isso quando se calam quando apanha
Submissas sei lá
Não sou a favor  sou contra
Mas o livre arbítrio dita suas escolhas
Sou do deixe me viver e viva
Traga me o novo me faça sorrir
E terá sua recompensa
Na base da troca
Se eu não puder te oferecer o melhor
Não sou de prometer nada
Atitude no improviso, sendo original
O melhor, pra akele momento
Tudo fica assim
Sem acontecer o que se sonha
Se não der o primeiro passo
Só os verdadeiros te procura
Deixo sua imaginação nessa busca
Quem é essa pessoa?
Muitos tem, alguns tem, mas não valoriza
Outros não, mais teve e sente falta
Ou nem muito, vai de cada pessoa
Pelo orgulho da minha mãe
A tenho como meu espelho
A minha eterna Rainha
Sigo sem reclamar sem temer o fim
Dessa jornada
Carregando a minha cruz
A recompensa é a Vida isso já me basta
E vc, o que te falta?!
Alessandro M P O F
Enviado por Alessandro M P O F em 22/11/2020
Código do texto: T7117762
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Alessandro M P O F
São Paulo - São Paulo - Brasil, 39 anos
341 textos (2305 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/04/21 23:00)
Alessandro M P O F