Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Início sem Fim

No início...
... Harmonia, sutileza, equilíbrio, atitude, sentimento, euforia, alegria, perfeito momento, brilho nos olhos, adrenalina, aventura, vivendo um sonho.
O pq nao interessa
O complexo assusta
O inteligente humilha
O poder traz inveja
O Amor sequencias de inseguranças
A vida ensina
A rotina caleja
A alegria e momentânea
A musica interpreta
O corpo fala
Os olhos retrata
A face revela
A Alma decifra
Entende os sinais da vida
Em um simples gesto se nota.
Chega se a metade
O agora e o presente
Que amanhece se ilumina com um Sol que nos aquece
A espera de um milagre
Assim parece
De qualquer forma acontece
Ninguém vivera o que o destino quer que só vc vive
Então dia a dia de um despertar a outro adormecer
Vivo a realidade
Interpretando pra não ficar na estante
Como uma mercadoria que ninguém conhece
Quer me usar? Vem use abuse assim acontece, só um lance
Então vira rotina, premedita se a cena, perde a graça
O que muda? quando o tempo para...
Entre multidão
Parece que só existe vc e a pessoa
O barulho acaba
Um olhar uma palavra
Uma palavra um historia
Uma ideia leva a noite a fora
Que quando se percebe e hora de ir embora e se despedir daquela que fez a diferença mas mundos e obrigações definitivamente nos separa trazendo saudade que se amadurece em cada experiência que se a risca sempre algo fica
Assim como as minhas rimas
Encaixando se uma a outra...
Por fim...
... Tranquilidade impaciência ao mesmo tempo, experiência, extrovertido, otimismo, acredito sem medo, sentidos apurados, vou alem quando me atento, mas procuro não julgar, todos temos deveres e direitos, ansiedade meu defeito, quando começo já vejo o fim, desenho então trabalho realizo satisfação na alma, dever cumprido.
Me liberto desse jeito
Me avaliando quando posso
Sempre quando posso escrevo
Meio chato extenso cumprido
Mas estou fazendo o que gosto parando o tempo escrevendo o que vem no pensamento...
Brincando com as palavras sendo um homem menino
Aprendendo até aonde eu posso
Despertando valores
Buscando o inevitável
Pois o fim não existe...
Alessandro M P O F
Enviado por Alessandro M P O F em 24/02/2021
Código do texto: T7192147
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Alessandro M P O F
São Paulo - São Paulo - Brasil, 39 anos
341 textos (2305 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/04/21 14:44)
Alessandro M P O F