Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Reflexão

             Quando olhei para cima, vi o brilho no infinito.
Senti não poder transpor o tempo, o espaço, os limites.
Senti uma certa solidão,
Sei que é tudo passageiro

Distâncias são muito pequenas
             E o tempo pode ser insignificante,
A vida pode ser passageira
             E as certezas caírem com o primeiro temporal,
Mas as lembranças e os bons momentos transcendem as distâncias e as barreiras.

Os sonhos, objetivos, a vida são tudo e nada, construção e destruição, pergunta e resposta.

Fabricio S. Lima,  01/01/2001
Fabricio Silva Lima
Enviado por Fabricio Silva Lima em 12/11/2007
Reeditado em 12/11/2007
Código do texto: T733592
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar Fabricio Silva Lima e o link "http://recantodasletras.uol.com.br/contoscotidianos/551448"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabricio Silva Lima
Londrina - Paraná - Brasil, 37 anos
46 textos (2277 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 11:54)
Fabricio Silva Lima