Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DECLARAÇÃO DE AMOR.

As mais das vezes se deixa de dizer a uma pessoa o quanto essa é amada.

Fica-se sonhando com a forma, de como lhe dizer.
Que palavras, que maneiras usar;
De que modo, no momento oportuno, o ser amado vai interpretar o  Te Amo, ou o Eu te quero...
Tudo passa pela cabeça referente ao sonho de amor.

E é, com o ar de quem tem muito que fazer, e, jeito de quem está com coisas mais urgentes a resolver que se adia a declaração. Seguindo-se adiante com os sentimentos a flor da pele, num pulsar contínuo, mas, em segredo.

No entanto, basta dizer:
- Êh, chegua mais perto!
- Se eu posso te pedir alguma coisa, eu te peço, - Senta-te aqui!
- Chegua mais perto, não tenhas medo!
- Não digas nada. Sou eu que quero te falar...

Porém, o tempo com o seu passo acelerado, passa veloz, e, com ele se vai a oportunidade muitas e muitas vezes adiada.
E infeliz se segue!
Ao passo que, só um pouco de coragem é necessário para se fazer uma declaração de amor.

Entretanto, o melhor do tempo é que as transformações vão acontecendo, embora,  pouco a pouco. E...

Se tu soubesses:
O quanto é intenso, o amor, que tenho por ti. E que lho guardo aqui, bem dentro do meu peito!
Que o amor se dar por duas vias, uma eu a ocupo a outra deixo a ti - Sendo que na distancia é tão difícil amar alguém.

Em conseqüência a ausência vai matando, devagarinho, sem piedade.

Se for possível, escuta-me!

Preciso te dizer: que eu ainda espero por ti, e não me cansa essa espera.
A porta aberta eu vou deixar, assim se quiseres podes voltar. Meu coração, por certo, se alegrará quando ele, ainda que de longe, te avistar.

Por favor, queira voltar!

A casa e eu passamos por reformas bem necessárias, não obstante, continuamos, no mesmo lugar.

Não fique indiferente ao amor!

Saiba que, as dificuldades, quais quer que sejam, são como as lágrimas – Que são pedaços de história, da história, de cada ser.
Cláudia Célia Lima do Nascimento
Enviado por Cláudia Célia Lima do Nascimento em 13/11/2007
Reeditado em 27/03/2009
Código do texto: T735715

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Célia Lima do Nascimento
Luziânia - Goiás - Brasil, 52 anos
487 textos (16628 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 09:07)
Cláudia Célia Lima do Nascimento