Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Canto da Asa Branca

O sabor do cajá faz a boca salivar
As letras escorregando tem sabor de araçá
Tua voz assobia igual o canto do sabiá
Trazendo um ritmo doce, palavras e melodias,
Rimando prazer e dor, tristeza e alegria.
É o sabor de gente de todo canto da terra,
Que chegam e se aglomeram em volta do trovador.
Suas histórias são quimeras, dá gosto de ouvir e ver.
É cheiro verde da semente, plantado em cada ser.
Ah! Sabor brasileiro.
Sabor de manga, goiaba, caju, laranja, mangaba.
Sabor das letras vertentes, dos cantos dos seresteiros,
Dos caboclos sertanejos e dos tupiniquins.
Tudo passa na viola, os repentes, as emboladas,
Os xaxados, os sambinhas, o baião de Luiz.
Falam da saudade dos homens, das vaquejadas,
Das noites de serenata, do bordejos lá da praça.
Menina, vem pra roda cantar os cantos da terra.
Encanta com a sua beleza, a nossa mãe natureza
E acorda com seu gingado o povo da redondeza,
Mostra, menina pra toda essa gente, tua alma brejeira,
No rodar da tua saia há raízes de sertaneja.
Venha pra cá seu moço, trazendo seu violão
E a sanfona que acorda Luiz Gonzaga Rei do Baião.
Terra, fogueira tudo ardendo céu acima
E pra Deus ele pergunta: Por que tanta injustiça?
Com o fogo nas ventas ele toca a sua sina,
Gado, vaquejada que contraste de senão,
Perdido lá para o norte foi-se o seu alazão.
A asa branca e a Rosinha, o sanfoneiro e a canção
Molham a terra com olhos de verdadeira paixão.
Fazendo fé na plantação ele um dia vai voltar
Com o sabor do cajá que faz a boca salivar,
Com as letras escorregando entre as folhas do araçá
E a irrigação do nordeste que tem gosto de melodia,
Gosto de melão, umbu-cajá e melancia.
Tua voz soa de longe qual canto da Asa Branca
Trazendo um canto doce, palavras, sinfonias,
Rimando prazer e dor, tristeza e alegria,
Canção de esperança ao pé do meio dia.

Volta Asa Branca nas asas da harmonia.


Ecila Yleus
Enviado por Ecila Yleus em 22/11/2007
Reeditado em 12/01/2017
Código do texto: T747706
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ecila Yleus). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ecila Yleus
Recife - Pernambuco - Brasil, 65 anos
328 textos (10463 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 13:48)
Ecila Yleus