Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

síntese na lama

quando te resumiste numa frase,
buscámos a síntese
dos tempos que falam

lembra-me, quando acordares,
que por aquele atalho os inúteis do bairro
ceifaram a inocência

combinámos vir de ver e rebolar pela estupidez
do atalho que fala
e falamos atalho e síntese nua (sem pudores)

linda-a-velha (19 de novembro de 2001)
Nuno Trinta de Sá
Enviado por Nuno Trinta de Sá em 28/12/2005
Código do texto: T91508

Comentários

Sobre o autor
Nuno Trinta de Sá
Portugal, 46 anos
73 textos (2133 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/09/20 00:43)