Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Monções



O cinzento do céu amanheceu-me!...

Vagueio pelos vítreos corredores, e vejo que, do outro lado, a chuva açoita as goteiras, o musgo dos telhados, e os ninhos abandonados nos galhos frágeis de algumas árvores.

Pinga lá fora, encharcando as valas comuns da terra solitária, desértica.
Chegou a época das chuvas!

Pinga lá fora, pensava. Soturna, acariciei os rendilhados da noite invernal, e sorri ao pensar que, dentro, os dias também pingavam, pascácios.

Urge reparar as goteiras escalavradas...

Resolvi o problema das goteiras, mas os dias continuam pingando... padecentes e delavantes.
Cristina Pires
Enviado por Cristina Pires em 23/06/2005
Código do texto: T27097


Comentários

Sobre a autora
Cristina Pires
França, 54 anos
87 textos (7327 leituras)
1 áudios (37 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/07/20 00:37)
Cristina Pires