Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Inquietação

Aquele homem sentia-se infeliz
Vazio, sem perspectivas...
Seria ainda feliz, dali em diante
Se seguisse adiante
Quando amanhecesse o dia?
Finalmente adormeceu
E sonhou que voltava no tempo
Ganhava outras formas, antigos jeitos
Sentia-se diferente
Desaprendeu a escrita
Viu-se entrando numa caverna
Usando peles pra se proteger do frio
Desinventou o fogo
Agora se sentia tosco, um ser estranho
Com pelos por todo o corpo
Grunhidos tomaram o lugar da fala
Já não mais ereto, encurvou-se seu dorso
Dentes enormes, garras no lugar dos dedos
Intensas eram as brigas por territórios
Sangrentas as lutas pra sobreviver
E defender suas fêmeas
Nesse mundo inóspito
Com inimigos reais e imaginários
Podendo atacar a qualquer momento
Sentiu fome... Infelizmente o dia parecia ser da caça
Subiu nas árvores em busca de alimentos
Alguns brotos, frutos e sementes...
...
Acordou inquieto, exausto...
Mas respirou aliviado ao ver que era apenas
mais um de seus pesadelos

= Roberto Coradini {bp} =
26//04//2013
BETO bp
Enviado por BETO bp em 26/04/2013
Reeditado em 26/04/2013
Código do texto: T4260881
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
BETO bp
Jundiaí - São Paulo - Brasil
3531 textos (216970 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/09/21 07:18)
BETO bp