Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

  Vivemos tempos de absoluta indiferença na condução humana, um imediatismo pelo poder Ilimitado e personalizado, onde não se mede conseqências para conquistar posição de força e destaque , 
  Todo intelectualismo, talento ou objetivo do homem, para o individual foi direcionado, mostrando-nos que os instintos de sobrevivência primitivos, nunca foram superados e sim, tão somente maqueados
   O Brasíl pouco a pouco vai se transformando em campo de guerra,onde o inimigo de todos não foi identificado...
  Transformamos-nos numa engrenagem fria e calculada, de aparências empoderadas e personificadas com o único intúito de poder
Falsas honrrarias  e indiferença,  vem cavando pra nós todos, um grande
Buraco, onde todos seremos tragados!.
   Tempos de grandes arquiteturas , tecnologias e conhecimentos no objetivo 
do lucro e conforto pessoal, escravizando em compras e vendas e inibindo
o que deveria ser compartilhado; Onde  o homem trabalhar para o outro é ser bobo e ser desmotivado.
    Hoje, ao assistirmos todos os absurdos ao nosso lado, agradeçemos   
por ter-mos sido poupados, e nossos egos, disfarçam o que já não pode 
ser disfarçado, protelando qualquer tomada de consciência 
     Fizemos de nós, objetos descartáveis uns dos outros, objetos que lutamos pra comprar, sem saber que também seremos comprados

Cesar Machado Sema
06-04-2018   
     
Cesar Machado Sema
Enviado por Cesar Machado Sema em 06/04/2018
Reeditado em 08/04/2018
Código do texto: T6301545
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cesar Machado Sema
Porto Seguro - Bahia - Brasil
642 textos (8258 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/07/18 05:15)
Cesar  Machado Sema