Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Beijo

Estamos sentados lado a lado. Observo-te enquanto finjo reparar numa borboleta poisada em cima de uma flor rosa. A vergonha e a timidez sobrepõem-se a qualquer outro sentimento, até mesmo ao Amor. Finjo que não te vejo, que não te conheço, que não te sinto.
Porém é mentira. Sinto uma vontade enorme de te abraçar, de te beijar. Mas a timidez continua a sobrepor-se a tudo o resto.

Os olhares que te lanço não são indiferentes. Dizem mais do que qualquer outra parte de mim, não fossem eles o espelho da alma. Olho para ti como quem olha para algo único, belo, esplendoroso. Olho para ti com um olhar misterioso e sedutor. Tento esconder isso, mas de nada vale. Consegues sentir isso através do brilho dos meus olhos.
Colocas a tua mão em cima da minha. Um arrepio percorre-me o corpo, como quando temos receio ou medo de algo. Contudo, sinto-me bem, sinto-me segura.

Tento fingir que não reparei na tua mão poisada sobre a minha. Mas é impossível resistir mais. Chego-me para perto de ti, na esperança de sentir o teu corpo mais próximo. Tu apercebes-te que finalmente o meu corpo e a minha alma cederam. Sinto os teus olhos cravados na minha face. Olho para ti. Credo! Nunca tinha reparado na beleza e simplicidade dos teus olhos. A cor? Não reparei, não é importante. Mas sei que brilhavam como nunca haviam brilhado.

E foi nesse momento, de pura magia, sensualidade, mistério, Amor e fantasia que algo de belo e único aconteceu.


16.06.07
Q Rebeca
Enviado por Q Rebeca em 02/09/2007
Reeditado em 02/09/2007
Código do texto: T634826
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Q Rebeca
Portugal, 26 anos
6 textos (900 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 14:38)