Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A vida é assim.

Sentimentos são essenciais para a vida. Você chora, você sorri. A cada tombo uma nova dor e nas vitórias o gosto da conquista. Sentimentos são percepções do mundo no qual vivemos, por isso alguns deles são ruins e marcantes.
Hora estamos em harmonia com a natureza e os cosmos, hora nos despedaçamos e recorremos às lágrimas. Elas são como o bálsamo em feridas abertas, traz o refrigério esperado e acalenta a alma.
É sabido que não se pode vencer todas as lutas, pois, cada uma delas escondem as suas trevas e o paraíso.
Não há mapas a serem consultados, nem manuais de instruções. A vida se baseia no dia a dia, no nascer e no pôr do sol. São nos milésimos de segundos que aprendemos a essência da nossa existência. Cabe a cada ser encontrar seu caminho, suas respostas.
Recorre-se aos conselhos dos mais velhos e dos amigos, mas eles são apenas um norte sem certeza alguma.
É chegado o tempo em que se deve saber dançar conforme a música, curar as próprias feridas e se alegrar sozinho. As pessoas estão mais distantes uma das outras como nunca, o individualismo se apoderou com garras mortais na sociedade atual.
Bom mesmo é se todos soubessem que o tempo voa, que a vida se esvai num piscar de olhos. Talvez assim amassemos mais, abraçássemos mais e beijássemos mais. Talvez assim a vida pudesse ser mais tranquila, com menos espasmos de dor e com um pouco mais de ternura.
A humanidade tem mostrado ao longo da história que a sua especialidade é de causar danos ao seu semelhante. Guerras mortais foram travadas pelo egoísmo, vidas ceifadas sem nenhum remorso em nome do poder. E hoje não vivemos de forma diferente. Talvez os ataques sejam mais sutis, mas não por isso causam menos estragos.
Chegará o dia em que vamos perceber que o ódio não traz beneficio algum, que o rancor é um parasita da alma e que só o amor é capaz de trazer dias melhores. Neste dia, eu espero, que sobre tempo para a redenção da humanidade. Que haja chance para um recomeço e que a dor em todas as suas formas se transforme em alegria e prazer em viver.
A vida é assim.
Leandro Augusto Nogueira
Enviado por Leandro Augusto Nogueira em 16/01/2019
Reeditado em 06/09/2019
Código do texto: T6552716
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Leandro Augusto Nogueira). Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leandro Augusto Nogueira
Jacareí - São Paulo - Brasil, 32 anos
225 textos (7963 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/19 20:55)
Leandro Augusto Nogueira