Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A irracionalidade humana e a lógica das espécies não-humanas...

Seres vivos não-humanos, em estado saudável em suas faculdades adaptativas, não distorcem (não podem distorcer) a realidade (verdades) que conseguem construir visando a sobrevivência. Por isso que acredito, por agora, que não devam ser considerados como irracionais.Eles estão apenas coerentes com suas perspectivas de adaptação. Seria o mesmo se os seres humanos fossem absolutamente  comparados com seres vivos que voam e, então, denominados como "aladamente deficientes".

A irracionalidade é basicamente uma forma de alucinação, só que extra-sensorial ou intelectual, em que o indivíduo (humano) distorce sua compreensão precisa ou objetiva da realidade, especialmente quando confunde suas opiniões derivadas de suas sensações, isto é, que resultam em suas verdades subjetivas, com o que percebem ou deveriam estar percebendo de factual da realidade. Fanatismo e preconceito são as faces mais importantes da irracionalidade, unicamente humana, se, para ser irracional é preciso ter potencial para ser racional... O mesmo para o exemplo da capacidade de voar se, para ser "aladamente deficiente", há de se apresentar potencial natural, de espécie, para o voo, que não é o caso do ser humano.
Thiago Fávero
Enviado por Thiago Fávero em 30/06/2020
Reeditado em 03/07/2020
Código do texto: T6992175
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Thiago Fávero
Bicas - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
674 textos (8772 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/07/20 17:34)
Thiago Fávero