Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Cultura sofre transformação na Bahia

CULTURA
25/10/2007 (11:57) | COMENTARIOS (0)
Opine sobre a nova política cultural do Estado
A TARDE On Line
O secretário estadual da Cultura, Marcio Meirelles, afirma que nunca se discutiu tanto sobre cultura na Bahia quanto hoje.  Participe também desta discussão, dizendo o que pensa da construção de uma nova política cultural para o Estado, baseada na descentralização de recursos; no esvaziamento do uso da lei de incentivo FazCultura como  principal fomentador da produção cultural local; e na crise que se instalou na área a partir do fechamento do Theatro XVIII e diminuição das verbas destinadas a instituições como Fundação Casa de Jorge Amado e Museu Carlos Costa Pinto. Sua opinião poderá ser publicada na edição impressa do A TARDE.
Fonte: A TARDE, 25 de Outubro de 2007
 
MINHA OPINIÃO
 
Eu apóio a nova política de cultura do estado da Bahia.
 
Durante muitos anos o que existiu foi o financiamento da cultura dos amigos do poder. Grupos de pessoas que já estavam articuladas com o sistema conseguiam aprovação de projetos, enquanto que a maior parte da população da capital e todo o restante do estado eram excluídos do processo.
 
A nova política contempla todo o interior da Bahia e a abrange àqueles que nunca conseguiram se aproximar do dinheiro público. Claro que precisa de critérios para aprovação de projetos, de um exame caso a caso para não incorrer no mesmo erro das gestões anteriores, não cometer os mesmos vícios.
 
Entidades como a Fundação Casa de Jorge Amado não podem ficar de fora do financiamento público, mas precisa haver auditoria independente para fiscalizar a aplicação dos recursos. A fiscalização deve ser feita também em relação a outras entidades e empresas que trabalham com a cultura.
 
É necessário dar voz e vez a escritores anônimos, a grupos de capoeira e dança, teatro etc, não só através de projetos de financiamento, mas de FESTIVAIS que chamem os produtores culturais a concorrer em pé de igualdade.
Valdeck Almeida de Jesus
Enviado por Valdeck Almeida de Jesus em 25/10/2007
Código do texto: T709674
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Valdeck Almeida de Jesus
Salvador - Bahia - Brasil, 51 anos
1310 textos (614991 leituras)
26 áudios (5243 audições)
99 e-livros (63428 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 04:42)
Valdeck Almeida de Jesus

Site do Escritor