Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A atual extrema-direita no Brasil

        Quando ocorreu a abertura da democracia com a Constituição de 1988 a extrema-direita ficou em silêncio e muitos já eram avôs ou seus filhos crescendo. Foram passando os anos os avôs e avós falecendo e seus filhos e netos ficavam cada vez mais distantes do assunto política e o cenário passou a ser da direita e esquerda. A direita e a esquerda conseguem dialogar e compreendem a importância na democracia a existência de ambos para o equilíbrio, já a extrema-direita e a extrema-esquerda não.

        As pessoas da extrema-direita eram pessoas que evitavam falar de política, política e religião não se discute, eles diziam. Era aquele tio que fazia a piada do Pavê e aquela tia que mandava mensagem de Bom dia no grupo da família e o primo que falava só de carro, trabalho, futebol e mulher. Em geral eram pessoas que desligavam a TV no debate político e quando eles tentavam falar de política sempre diziam que é tudo igual e que não salvava um, demonstrado o desinteresse pela política. E quando um tentava se expressar um pouco melhor que geralmente era o primo mais velho, dizia que tinha que colocar os militares no poder e mandar prender e matar todo mundo, sim, este era o que conseguia se expressar melhor.

        São pessoas que passaram mais da metade ou a vida inteira sem se interessar por política sempre se esquivando dela. No ano de 2013 quando milhões de brasileiros se manifestaram pedindo mudanças, a extrema-direita e seus simpatizantes diziam: - Tudo isso por causa de 20 centavos? Isso não vai dar em nada. Demonstrando mais uma vez o total desinteresse pela política e na situação do país.

        E em meados de 2015 pra 2016 essas pessoas colocaram a bandeira do Brasil nas costas saíram do armário com os olhos cheios de remela gritando fora PT. E assim nasce outra vez a extrema-direita no país. Aqueles que fugiam do assunto política passaram a falar no meio familiar, a tia e o tio que enviavam só um bom dia agora também enviam vídeo e imagens sobre política. O primo que já tinha pensamentos radicais perdeu a vergonha e começou a falar que os socialistas e comunistas deveriam estar mortos que no Brasil não teve ditadura militar que precisamos de algo mais energético do que naqueles tempos.

        A extrema-direita não se opõe a esquerda é mais do que isso, eles acreditam que tudo que há de ruim na política, no país e nas questões econômicas é por causa da esquerda. Acreditam que partido político de esquerda nem deveriam existir e que o comunismo deveria ser proibido. Eles defendem o livre mercado como no liberalismo, porém, se opõem ao liberalismo já que este defende a igualdade de gênero, democracia, liberdade de imprensa e o secularismo (separação entre instituições governamentais e instituições religiosas). A extrema-direita atrai pessoas com pouca empatia com o próximo, que pra eles o estado deve matar e prender aqueles que eles consideram como o inimigo que destroem este país.

        Este monstro que é a extrema-direita a gente conheceu e aos poucos vem surgindo o outro monstro que é a extrema-esquerda. Resumindo em poucas palavras a extrema-esquerda age igual a extrema-direita, porém os seus inimigos são outros.
Emerson Paiva
Enviado por Emerson Paiva em 12/01/2021
Reeditado em 12/01/2021
Código do texto: T7158071
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Emerson Paiva
Guarulhos - São Paulo - Brasil, 31 anos
73 textos (2593 leituras)
3 áudios (42 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/01/21 04:16)
Emerson Paiva