Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Frente da Polisário inventada por Argélia

As festas de um igual alegado aniversário inventada por Argélia á entidade fantoche por trás da qual a Polisario se cria seus delitos; a deflagrar 22 de fevereiro corrente; nos campos da vergonha; o que se pretende divulgar ou acreditar um certo denominado; Khattri Addouh, entre outros, presidente do suposto Comitê encarregado dos preparativos.

 Tal ato foi acrescentado para afundar no ridículo, durante uma pretendida coletiva de imprensa, organizada domingo  num dos campos adjacentes à cidade argelina de Tindouf, com a presença da mídia local, cujas “festividades” incidem sobre algumas atividades fantasmagóricas culturais, sociais, políticas, esportivas ... além de mais?

 Khattri Ould Addouh, como todos o conhecem, de origem mauritano, ocultando deliberadamente os numerosos fracassos do ano  passado; citando em particular: A expulsão das autoridades marroquinas FAR os milicianos da Polisario que bloqueiam a passagem de El Guerguarat; reconhecido pela maior potência mundial como zona do Saara marroquino.

A exclusão da cúpula da UA de qualquer intervenção da referida organização na questão do Saara, continua sendo da ONU. Dando a abertura às representações diplomáticas de cerca de vinte países nas províncias do Saara marroquino, além da retirada de muitos países do reconhecimento do pseudo-Rasd.

Os habitantes dos campos e os sarauís, em geral, têm o direito de perguntar sobre o que significa tal interesse no acontecimento do ato sobre o qual Addouh insiste. Interrogando se ele esqueceu que as populações saarauis que ele pretendia, através de seu almejado ou  de seu fabuloso discurso, organizarem manifestações diárias e protestos violentos, reprimidos com a maior violência?

Esquecendo ainda que muitos destes saarauis perderam um filho, um pai, um tio ou um primo nas prisões da Polisário? Parece estar fingindo que dezenas de saarauis foram infectados pelo Covid-19; sem a menor possibilidade de tratamento?

Finalmente,  Addouh ignora também ou faz de ignorancia; uma vez que os sarawis sabem muito bem que o protetor e patrocinador argelino está sem fôlego, seu exército atolado até o pescoço em escândalos de tortura, de sequestros e de agressão sexual., além de sua economia estar na beira do colapso, cujo povo argelino desgastado de ver a sua riqueza farta perante os líderes descalços da Polisário; levando uma vida de magnatas sem se preocupar com a miséria da qual vivem os reclusos nos campos de Tindouf.

Lahcen EL MOUTAQI
Professor universitário, Rabat; Marrocos
ELMOUTAQI
Enviado por ELMOUTAQI em 16/02/2021
Código do texto: T7185916
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
ELMOUTAQI
Rabat - Rabat-Salé-Zemmour-Zaër - Marrocos, 54 anos
89 textos (474 leituras)
1 e-livros (13 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/02/21 22:55)
ELMOUTAQI