Sobre a influência genética ou biológica

Desde meados do século XX que, a cada geração, a média de estatura da população humana tem aumentado de maneira constante, primeiro nos países capitalisticamente desenvolvidos e, depois, no resto do mundo. Uma das razões para explicar esse fenômeno é a melhor alimentação que temos, em média, recebido em comparação aos nossos ancestrais. No entanto, esse aumento não tem sido igual, mesmo com valores parecidos de nutrição. Por exemplo, na Europa, enquanto algumas populações têm alcançado médias bem altas de estatura, outras têm tido aumentos mais modestos. Veja o caso dos holandeses, atualmente um dos povos mais altos do mundo, e dos espanhóis, cuja média de estatura é comparativamente menor. E se você pensa que a razão é porque os Países Baixos são historicamente mais desenvolvidos que a Espanha, então, como explicar a elevada estatura nos países dos Balcãs, mais pobres, especialmente em Montenegro?? Isso que eu não estou falando sobre uma tribo africana no Sudão (povo Dinka) que tem uma das maiores médias de estatura do mundo, nem sobre a sua variação dentro de cada população. Isso quer indicar a existência de influências genéticas determinando o limite de desenvolvimento desse traço para cada grupo populacional. Perceba que o ambiente também importa. Por exemplo, o caso das duas Coreias, em que a população da "comunista" tende a ser até 10 cm mais baixa que da capitalista, apesar de serem etnicamente idênticas, provavelmente por causa do alto índice de desnutrição na primeira. De qualquer maneira, a média de estatura dos sul coreanos não aumentou tanto assim para colocá-los entre os mais altos do mundo e sim o mais alto que conseguem alcançar, já que os povos orientais tendem a não crescer muito. Isso nos mostra que, quando falamos sobre influência genética ou biológica, ainda mais em traços complexos, estamos falando de potencial limitado de desenvolvimento ou intensidade de expressão fenotípica, não de um limite totalmente fixo, nem de um potencial ilimitado e universal.

Thiago Fávero
Enviado por Thiago Fávero em 23/11/2021
Código do texto: T7392384
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.