Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LOST episódio 4: Locke se revela

LOST episódio 4: Locke se revela
Miguel Carqueija

Este é o primeiro episódio em que John Locke — xará de um famoso filósofo, e homem já maduro — se destaca. Até aqui ele vinha se mantendo meio obscuro, apenas tendo conversas com o menino Walt, o dono do cachorro Vincent. Mas quando surge uma briguinha entre Sawyer e Hurley, só porque esta último havia pego uns amendoins no avião sinistrado sem pretender dividi-los, quando Jack vem saber o que está havendo Hurley revela (e afinal, só ele sabia?) que a comida havia terminado. E quando surge a dúvida sobre o que iriam comer, Locke faz a proposta de irem caçar. O espantoso é que Locke joga uma faca como demonstração, ela vai cravar numa árvore e bem perto do rosto de Sawyer, que passa a ter boas razões para crer estarem lidando com um louco. E diante do admirado Dr. Jack, Locke abre uma valise e mostra toda uma coleção de facões.
Decididamente “Lost” é uma caixa de surpresas!


Resenha do episódio 4 (Walkabout (Jornada) do seriado de televisão “Lost”. Touchstone Television, EUA, 2004. Produção executiva: J.J. Abrams, Damon Lindelof e Bryam Burk. Produção: Sarah Caplan. Roteiro: J.J. Abrams e Damon Lindelof. Supervisão dos efeitos especiais: Kevin Blank. Direção: J.J. Abrams. Música: Michael Giacchino. Fotografia: Larry Fong.
Elenco: Naveen Andrews (Sayid Jarrah), Emilie De Ravin (Claire Littleton), Matthew Fox (Dr. Jack Shepard), Jorge Garcia (Hugo “Hurley” Reyes), Maggie Grace (Shannon Rutherford), Josh Holloway (James “Sawyer” Ford), Daniel Dae Kim (Jin Kwon), Yunjin Kim (Sun Kwon), Evangeline Lillly (Kate Austen), Dominic Monaghan (Charlie Pace), Terry O’ Quinn (John Locke), Harold Perrineau Jr. (Michael Dawson), Ian Somerhalder (Boone Carlyle), L. Scott Caldwell (Rose Henderson).



“Você tem uma pontaria muito boa ou muito ruim, Senhor Locke.”
(Jack Shepard)

“Por que sempre que alguém vai para o coração das trevas, você vai junto?”
(Jack Shepard para Kate Austen)

“Não me diga o que não posso fazer!”
(John Locke)

“Você tem uma índole boa, uma boa aura.”
(Rose Henderson para Jack Shepard)



O quarto episódio, dirigido por Jack Bender que é um dos produtores executivos, mostra alguma coisa do passado de John Locke, um cadeirante que desejava ir além dos seus limites. Caído na ilha com o avião, e fora da sua cadeira de rodas que é entrevista na cena de pânico dos sobreviventes, descobre que consegue andar miraculosamente. A partir daí ele anda como qualquer um e até se mete a caçar javalis para que a turma possa se alimentar. O episódio também mostra a paciência do médico Jack, por assim dizer o herói do seriado, sentando ao lado de Rose, que perdera o marido no desastre e ficava sentada na areia junto ao mar, sem falar e sem se alimentar. Ela afinal resolve se comunicar com ele. E quando ela se refere ao amrido como ainda vivente, Jack procura fazê-la compreender que ele já morreu. Aí ela diz uma frase enigmática: quem sabe se ele não pensa o mesmo de nós?
“Lost” não é uma série de aventuras. É mais propriamente uma série de mistério beirando o terror, tais os enigmas que envolvem a queda naquela ilha desconhecida.
Vamos avançando.

Rio de Janeiro, 1° de outubro de 2019.



 
Miguel Carqueija
Enviado por Miguel Carqueija em 01/10/2019
Código do texto: T6758893
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Carqueija
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 71 anos
2973 textos (184823 leituras)
56 e-livros (5030 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/19 06:18)
Miguel Carqueija