Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A DEUSA NEGRA episódio 3: Akane entra no circuito

A DEUSA NEGRA episódio 3: Akane entra no circuito
Miguel Carqueija

A amiga de infância de Keita, Akane, ao visitá-lo flagra novamente Kuro no local. Keita não sabe como agir em relação à garota depois dos acontecimentos que ligaram seus destinos. A atitude de Kuro é extremamente ingênua, inocente: gulosa, alegre, sorridente, desprovida de malícia, sai nua do banho na frente de Keita sem nem notar a inconveniência. Age como uma criança mas é poderosa e dotada de força sobre-humana. Sem mais opção Keita revela a verdade a Akane, e Kuro dá as explicações “técnicas” por assim dizer: ela não é humana, é uma “mototsumitama”, uma raça “mais forte e mais durável” que os humanos e que vive em outro mundo (paralelo). O que ela veio fazer em nosso mundo ainda é um mistério, mas está sendo perseguida por elementos implacáveis e, no capítulo anterior, vendo Keita mortalmente ferido, ela fez um “contrato” com ele, mesmo sem o rapaz saber o que estava acontecendo. Agora ela revela a Akane que trocou o coração com Keita para salvar-lhe a vida, e mostra as cicatrizes — nela e nele — para provar o que diz a Akane. A troca é paranormal, e como resultado devem permanecer próximos, para que se efetue uma sincronização de poderes entre ambos. Mas no mundo humano as coisas não são assim tão simples e Keita tem de ir estudar, recomendando a Kuro que permaneça no apartamento. Ele se sente revoltado contra a garota, por ter posto sua vida de pernas para o ar. No entanto Kuro salvou-lhe a vida.


Resenha do capítulo 3 do seriado japonês de animação "Kurokami" (A deusa negra), "Sincronização". Estúdio Sunrise, Japão, 2009. Direção: Tsuneo Kabayashi. Roteiro: Reiko Yoshida. Música: Tomohisa Ishikawa. Com base no mangá sul-coreano de Lim Dall Young (história) e Park Sung Alô (arte). Editora Square Enix, revista Young Gangan, em 19 volumes.

Elenco de dublagem:
Kuro............................................Noriko Shitaya
Keita Ibuki..................................Daisuke Namikawa
Akane Sano................................Sayaka Ohara
Punipuni.....................................Yumi Touma
Excel....,.....................................Yukari Tamura
Steiner.......................................Joji Nakata
Yakumo......................................Hirofumi Nojima
Makana......................................Eri Sendai
Nam.........,.................................Yukana
Reishin......................................Katsuyuki Konishi
Daishi Kuraki.............................Satoshi Hino
Yuki Kaionji...............................Satsuki Yukino
Raiga.........................................Eiji Miyashita
Hiyo............................................Kenji Hamada
Shinobu Nanase.........................Yumi Touma
Mikami Hojo.............................,.Yuko Kaida


Ramen também é muito bom, não é?”
(Kuro)

“Parece que nossos corações são altamente compatíveis.”
(Kuro)

“De repente esta realidade inacreditável começou a destuir aos poucos meu dia-a-dia.”
(Keita Ibuki)


Kuro tem de lutar, pois continua sendo caçada. Quando o Professor Tsuboudy, que parecia se preocupar muito com Keita, se revela um agente do inimigo, e agride brutalmente Kuro sem que esta consiga ajustar seu poder de combate, Keita finalmente se presta a sincronizar com a garota, entrando no clima. Embora desenhos de violência não sejam recomendáveis, “Kurokami” contextualiza cenas de violência e possui conteúdo na avaliação psicológica e no desenrolar da trama. Kuro só luta quando precisa e não é agressiva, o que não se pode dizer de certos “heróis”. Entretanto, se tiver de lutar ela o faz para valer.
O professor acaba se dando muito mal diante da reação de Kuro, na luta que se desenrola dentro do colégio após o expediente, sem mais ninguém perto fora Keita e o cachorrinho Puni Puni, pertencente à “mototsumitama”. Tsuboudy acaba sendo atirado para fora do prédio, caindo em frente a duas garotas que passavam na rua. Embora não tenha sido visto, Keita acha que não poderá voltar ao colégio. Esta aliás é a síndrome comum nas histórias fantásticas: quando um ser “normal” como Keita é envolvido, já acha que não pode revelar nada a ninguém porque ninguém vai acreditar. O enredo cria um forte suspense em relação ao que vai acontecer com o protagonista em meio a uma situação que ele não controla nem compreende.
Mas com certeza Kuro é uma heroína simpática.

Rio de Janeiro, 16 de setembro de 2020.


 
Miguel Carqueija
Enviado por Miguel Carqueija em 16/09/2020
Reeditado em 16/09/2020
Código do texto: T7064285
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Miguel Carqueija
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 72 anos
3542 textos (265069 leituras)
58 e-livros (5702 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/20 18:18)
Miguel Carqueija