Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A casa é vazia, mas não o livro

A CASA É VAZIA, MAS NÃO O LIVRO
Miguel Carqueija

Resenha do romance “A casa vazia”, de Rosamunde Pilcher. Editora Bertrand Brasil, Rio de Janeiro-RJ, 2006. Título original: “The empty house” (copyright 1973 Rosamunde Pilcher). Tradução: A.B. Pinheiro de Lemos. Capa: Leonardo Carvalho.

É muito leve este romance da prestigiada escritora britânica. Fala de Virgínia Keyle, uma jovem de 27 anos que, cerca de dez anos atrás, sofreu uma grande decepçao amorosa e levada pela influência da mãe acabou casando com o homem errado, que lhe deu dois filhos mas não o amor conjugal. Um casamento de conveniência.
Pilcher vai aos poucos costurando a situação com habilidade e evita cair no dramalhão das novelas de tv. Ao retornar à região rural onde conhecera Eustace, Virgínia, agora viúva e órfã, obtém uma chance de recuperar o tempo perdido com um homem a quem pode amar. Porém existem as crianças, que ela se conformou em deixar que a sogra e a babá cuidassem em seu lugar.
No fundo é uma história de afirmação, de uma pessoa que passou a vida sendo manipulada por outras.
Pode ler sem susto.

Rio de Janeiro, 23 de fevereiro de 2018.
Miguel Carqueija
Enviado por Miguel Carqueija em 11/05/2018
Código do texto: T6333486
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Carqueija
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 70 anos
2322 textos (114252 leituras)
46 e-livros (4341 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/18 03:23)
Miguel Carqueija