Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMANTES


Exausta de saudade deito ao leito,
pensando neste amor distante, louco.
Este aperto que trago junto ao peito,
pois dizer-me entristecida é muito pouco.
 
Choro os meus gemidos que não ouço
e grito alucinada ao preconceito.
Exausta de saudade deito ao leito,
pensando neste amor distante, louco.

A angústia dilacera - corte feito...
No clarão da madrugada, mau agouro.
Devaneio que me acarinhas o seio,
nos lençóis bordados em fios d’ouro.
Exausta de saudade deito ao leito.

   

 O bom humor do amigo capixaba. Obrigada,Pedrim rs

Élen Nunes, minha querida
Não podia ter feito assim
O que será da minha vida
Agora que já contou tudím
Falando do amor distante
Por quem você chora bastante
EU, esse cabra bem bunitím!

                             Pedrinho Goltara


     

A Mestra do Rondel, brinda minha página.Que honra! Obrigadíssima,Helena.



EU TE QUERO (Rondel)


Não te canses, minha amada, pensa em mim,
que depressa hei de chegar, voo no vento.
Eu te quero doce anjo - querubim,
não te afastas nunca do meu pensamento.

Este amor é puro, é doce sentimento,
sempre, sempre hei de te querer assim.
Não te canses, minha amada, pensa em mim,
que depressa hei de chegar, voo no vento.

Choro, clamo se não estás junto de mim,
a angústia dilacera, é um tormento,
mas eu penso que o amanhã virá, enfim,
embora o tempo passe, lento, lento.
Não te canses, minha amada, pensa em mim.


                                            HLuna

      


Elen Nunes
Enviado por Elen Nunes em 25/08/2010
Reeditado em 27/08/2010
Código do texto: T2459333

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Elen Nunes
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 71 anos
511 textos (34453 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/19 07:54)
Elen Nunes