Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
** Nosso Amor (Ainda) **
** Versão Rondel **
 
O seu amor em mim ainda existe, agora arde.
O que vivemos foi bonito, por favor, admita.
Você se foi, partiste, não fez qualquer alarde.
Foi uma pena, mas, seu amor em mim habita.
 
O nosso amor nos quer, te amo, te amo Rita.
Não posso ter olvidar, volta logo, não retarde.
Você se foi, partiste, não fez qualquer alarde.
Foi uma pena, mas, seu amor em mim habita.
 
Eu tenho minha parcela de culpa, fui covarde.
Não lutei por você, saiba que ainda me incita.
Nós pudemos reviver esse amor, não é tarde.
Volta voando pra mim, você de mim necessita.
O seu amor em mim ainda existe, agora arde.
 
 
******************************
 
     Observações:
 
     Por Hélio Darlan Martins Torres (SE) em 06-03-2011
 
 
             O Rondel é um gênero de poesia francesa. Sua forma é sempre a mesma, não varia nunca. É formado por duas estrofes de quatro versos e uma de cinco versos, nesta mesma ordem.
     Pela maneira que é estruturado, o Rondel irá sempre ter apenas duas rimas. As rimas são: ABAB/BAAB/ABABA. Tem uma peculiaridade que é o seguinte: os dois primeiros versos da primeira quadra vão ser os dois últimos versos da segunda quadra.
   Temos que cuidar ainda, que o primeiro verso da primeira quadra será o último verso do poema (da estrofe de cinco versos). A preferência do versos é de sete ou oito sílabas poética(não é rígido). 

 
 
José Aprígio da Silva.
“Lorde dos Acrósticos”
Stenius Porto.
Ceilândia/DF
Terça-feira, 24 de fevereiro de 2015 – 12:03. 
Sexta-feira, 05 de junho de 2015 - 08:10.
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Enviado por JOSÉ APRÍGIO DA SILVA em 05/06/2015
Reeditado em 07/06/2015
Código do texto: T5266787
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Ceilândia - Distrito Federal - Brasil, 61 anos
1920 textos (183085 leituras)
1 áudios (52 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/04/21 09:47)
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA