Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ABSTRAÇÕES CONCRETIZADAS

Pobre razão imersa nas trevas anda penosamente,
Ela percorre as planícies e não age como os alpinianos,
Que escalam as altas montanhas buscando maior iluminação,
Ela permanece inerte, sem vida, tal como os mortos, nos cemitérios.

Perguntas nós trazemos e em estado permanente,
Procuramos as certezas para assim evitarmos enganos,
Enquanto não encontrarmos mesmo que seja pela dedicação,
Carregamos as inquietações, e com todos os seus efeitos deletérios.

O tempo passou e a terceira idade se fez presente,
Trouxe consigo o que antes eram tão somente os planos,
E veio junto o êxtase inigualável da mais primorosa revelação,
E assim, agora pousam na terra todos aqueles pensamentos aéreos.

Mas as respostas surgiram rápidas repentinamente,
Desfilaram intermitentes, intercaladas, ao longo dos anos,
Como grandes explosões todas elas canalizadas pela intuição,
Rapidamente elas retiraram o véu que sempre esconde os mistérios.

Eis as Três Energias as leis que agem intensamente,
A ciência busca conhecê-las no desespero, como insanos,
As quais se entrelaçam na atração, na expansão e na rotação,
Impossível compreendê-las unicamente através dos nossos critérios.

Na impossibilidade resta acender a luz resplandecente,
Iluminando assim a consciência de todos os seres humanos,
De fato conciliando lucidez do espírito com a cegueira da razão,
Instalando paz definitiva no interior dos homens dos dois hemisférios.
Edgar Alexandroni
Enviado por Edgar Alexandroni em 17/10/2019
Código do texto: T6772139
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Sobre o autor
Edgar Alexandroni
Santo André - São Paulo - Brasil, 80 anos
221 textos (11898 leituras)
1 e-livros (214 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/01/20 02:52)