Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Para Thal...

É nesses ventos que percorrem
pelos ouvidos e assobiam
os mil suplícios que pediam
puros desejos que comovem.

Que roubo planos, dos que “iriam"
roubar amores, porém dormem
cá nesses ventos que percorrem
pelos ouvidos, e assobiam.

Eu roubaria dos que comovem,
todas palavras que fluiriam
como um perfume e a levariam
sobre meus braços que dissolvem
cá nesses ventos, que percorrem.
Geleiras
Enviado por Geleiras em 28/10/2007
Código do texto: T713822

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citando meu endereço http://geleiras.blogspot.com, e o meu nome "Marcel Angelo"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Geleiras
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 28 anos
226 textos (4433 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 19:02)
Geleiras