Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Explicação de um fato inexplicável a um interlocut

Explicação de um fato inexplicável a um interlocutor indefinido

Paulo Camelo

Feliz e infeliz ao mesmo tempo,
em ti sentindo a minha inspiração,
eu olho para mim e me contemplo
e vejo quão tristonha é a solidão.

Amarguradamente sem razão
na falta que, inocente, cometi,
sem ter o que pedir, peço perdão;
sem ter a quem pedir, eu peço a ti.

Não sei se tu entendes meu amor,
não sei se isso é amor ou se é paixão
nem sei se posso amar-te assim, não sei.

Só sei que penso em ti a todo instante
e sei que tu me amas o bastante
para afastar de mim a solidão.
Paulo Camelo
Enviado por Paulo Camelo em 08/04/2005
Código do texto: T10386
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulo Camelo
Recife - Pernambuco - Brasil, 72 anos
936 textos (290305 leituras)
36 áudios (11170 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/07/20 20:16)
Paulo Camelo

Site do Escritor