Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIUVA ASSANHADA

VIUVA ASSANHADA
                                   
Por onde ela passa a galera se agita,
Ela empina e rebola, sorri  e se torce...
Diz-se de todos, mas não dá a posse,
Com pouco tecido, só anda na estica...

Linda não  é,  mas os homens olham...
As mulheres  se  afogam  em ciúmes,
Acusam-na, de demolir os costumes...
E quase neutros, os garotos gostam...

A igreja faz de conta que não a ver,
Pois ela se faz presente na pastoral...
Seu véu invisível, a  torna angelical...

Todos admiram-na, e sem perceber,
Incentivam seu estilo e  fibra moral...
Fazem-na modelo na moda, e geral...

 
Jacó Filho
Enviado por Jacó Filho em 10/10/2008
Código do texto: T1220786
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Jacó Filho
São Paulo - São Paulo - Brasil, 71 anos
5318 textos (377179 leituras)
3 áudios (63 audições)
2 e-livros (371 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/05/21 05:55)
Jacó Filho