Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A TEZ DA INSENSATEZ

A SUA PERFÍDIA É UMA INSENSATEZ
GUARDO SEU RETRATO, MERA ESTUPIDEZ
FRAGILIZADA, DOENTE, RESTOS DE MORBIDEZ
MAGOADA, VIVO OUTRA VEZ

INCONSTANTE CORAÇÃO, DE INGRATA SORDIDEZ
NÃO MEDE CONSEQUENCIAS, DIZ MINHA LUCIDEZ
INFIDELIDADE CONJUGA O VERBO DESAMOR COM FRIGIDEZ
VOCÊ COLOCOU VENENO EM QUEM TE DEU UMA FLOR, OUTRA VEZ

NOSSAS VIDAS NÃO TEM MAIS SABOR COMO TEM O XEREZ
PENSAMENTOS DESENCONTRADOS, NÃO CABEM TRÊS
NOSSOS LAÇOS ESTÃO MORTOS, OUTRA VEZ

ARREBENTO MEU CORAÇÃO DE TANTA ESTUPIDEZ
ARREBATA-ME A FELICIDADE, INFAME INSENSATEZ
HOJE VIVO INSONE, INSANA SEPARAÇÃO PELA PRIMEIRA VEZ


20/06/06      TEREZA NEUMANN
Tereza Neumann
Enviado por Tereza Neumann em 20/06/2006
Reeditado em 23/06/2006
Código do texto: T178912


Comentários

Sobre a autora
Tereza Neumann
Salvador - Bahia - Brasil, 65 anos
330 textos (20987 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/04/20 08:25)
Tereza Neumann