Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Maré Cheia


Mar revolto e sem fronteiras
Ondas esbravejantes num ressoar
Arrebentam nas praias costeiras
E nos íngremes rochedos, sem parar

No silêncio, se faz ouvir
A voz da solidão  gritando
O corpo inteiro sacudir
No vento do mar soprando

No horizonte perdido, o infinito
A maré calma, já quase cheia
O dia ensolarado,  já é finito

Deslizando tal uma sereia
Num movimento tão bonito
Chega, de mansinho na areia.

 
Saji Pokeo
Enviado por Saji Pokeo em 04/07/2006
Código do texto: T187234


Comentários

Sobre o autor
Saji Pokeo
São Paulo - São Paulo - Brasil
221 textos (38943 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/03/21 00:51)
Saji Pokeo