Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



 ILUMINADO


Jamais enxergou, não caminhava
em seu mundo de sombras e solidão
sonhava e versejava
com muita emoção.

A voz embargada e enternecida
atravessava rincões
em versos lindos
e belas canções.

Poeta cego e mutilado
na cadeira de rodas
não pediu compaixão.

Eterno enamorado
cantou o belo, em versos e prosas
na escuridão!
Maurélio Machado
Enviado por Maurélio Machado em 05/08/2006
Código do texto: T209791
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Maurélio Machado
São Bento do Sul - Santa Catarina - Brasil
9625 textos (1827818 leituras)
2 áudios (1229 audições)
101 e-livros (6636 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/03/21 13:17)
Maurélio Machado