Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Te direi

Quem eu sou? Mas já me conheces!
Pelas frestas ao amanhecer
Nas montanhas, entardecer
Carícias quando entristeces

Mágoa por alguém que não veio
Dores de amor arrependido 
Paúra, pânico sentido
De ficar só, simples receio

Mas venho sempre não relembras?
Cores do arrebol do sol que finda
Os trovões, a celebração

Nuvens carregadas e atentas
Na planície a brisa menina
Terno te trago a inspiração
Cabeça de poeta
Enviado por Cabeça de poeta em 24/01/2007
Reeditado em 11/12/2007
Código do texto: T357166


Comentários

Sobre o autor
Cabeça de poeta
Fortaleza - Ceará - Brasil, 67 anos
185 textos (55375 leituras)
1 e-livros (48 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/20 23:53)
Cabeça de poeta