Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto de coração poeta

Meu coração é poeta, completa a trilogia
E nada que tente se pode evitar dizer
Meu coração é poeta a poetar tanto em tanto dia
Que já de surto-poético já o vão lhe render!

Meu coração é poeta-palhaço-sapo... igual a peixe-beija-flor
Ligado em tomadas conectadas a estrelas fixas no céu
Do quarto da moça que olha o teto iluminado
E tem no peito o meu coração coberto em róseo véu!

Meu coração é poeta! è poeta o coração da moça que sonha
Que nada mais eu ponha, nem a poesia
Meu coração que canta mais a cada dia...

É poeta o mundo inteiro e vou ligeiro poetar
Que não ligo para rimas e vou na esquina
Que cruza a rua dos poetas-palhaços-sapos... multmuitoidentificar!
dhália
Enviado por dhália em 12/02/2007
Código do texto: T379144

Comentários

Sobre a autora
dhália
Salvador - Bahia - Brasil
238 textos (5523 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/20 02:26)
dhália